terça-feira, 14 de maio de 2013

Estádio Nicolau Alayon completa 75 anos

Por Deivid Silva


A exatos 75 anos era inaugurado em uma tarde de sábado o estádio Nicolau Alayon, encravado no bairro da Água Branca logo ao lado da estação ferroviária que também leva o nome do bairro e pra ser mais preciso na Rua Comendador Sousa, 384, nome esse que dá apelido ao estádio conhecido por muitos como Estádio da Comendador Souza.

Tudo começou em 1919 quando o então superintendente da antiga São Paulo Railway (SPR) o Sr. Arthur J.Owen cedeu uma vasta área do terreno próximo a estação Água Branca para ali se instalar o campo de esportes, local de lazer para os funcionários e atletas da recém fundada São Paulo Railway Athletic Club.

Passaram-se 18 anos até que Nicolau Alayon uruguaio presidente da SPR decidiu pela construção do estádio iniciando-se em 1937 e terminando no ano seguinte.No primeiro jogo o dono da casa (SPR) atualmente Nacional recebeu o Corinthians e começou a partida vencendo com um gol anotado por Carlos Leite (SPR), porém veio sofrer o revés e acabou perdendo a partida pelo placar de 2 a 1.

Durante 75 anos o estádio já foi palco de diversas atividades dentro da cidade de São Paulo, diversos esportes já figuraram entre os que já utilizaram o estádio, diversos clubes do futebol paulista também fizeram do estádio a sua casa, entre eles a Portuguesa, Santa Marina, Palmeiras-B, Barcelona-SP e Audax-SP que ainda utiliza o estádio em 2013.


A várzea também tem o seu lugar no Nicolau a Copa Kaiser campeonato amador tradicional de São Paulo já abrigou suas finais da competição que sempre atrai bons públicos. No ano de 2012 o Rugby teve a sua vez quando Brasil e Paraguai jogaram partida amistosa para um público que superou a expectativa de muitos que compareceram ao estádio já que o esporte ainda não é dos mais populares no país.

Medalha dos Jogos Pan-americanos 1963

No ano de 1963 o estádio ainda serviu como sede nos Jogos Pan-americanos de São Paulo.

Por este gramado, já passaram nomes ilustres como Jair Picerni, Falconi, Dodô, Deco, Magrão, Paulo César, Terrão, Mil, Rubens Minelli, Mil, Felix, Furlan, Zeomar, Idário, Passarinho entre outros que deixaram sua marca ou nasceram nos terrões e desfilaram pelos gramados do estádio Nicolau Alayon.

Estádio Nicolau Alayon - 2013
Simbolo de uma época áurea o estádio Nicolau Alayon hoje permanece firme no mesmo local, o Nacional Atlético Clube hoje dono do estádio e terreno sofre com o crescimento da especulação imobiliária na região, porém com a ajuda de investidores consegue fazer deste estádio nos dias atuais um dos mais charmosos de São Paulo e até mesmo do Brasil. Para seus torcedores um bem inestimável já que fica difícil para um clube com baixo investimento manter um estádio com as condições financeiras que se encontram hoje.