sábado, 11 de maio de 2013

No último lance Nacional consegue empate com AD Guarulhos e segue invicto

Por Alessandro Rossi

Em um jogo tecnicamente fraco, Nacional e AD Guarulhos empataram na tarde deste sábado, por 1 a 1, no Estádio Antonio Soares de Oliveira, pela terceira rodada do Grupo 06 da Segundona do Paulista. O Naça saiu atrás do marcador, porém, depois de muita vontade e entrega obteve um gol no último lance da partida, após cabeçada do atacante Jean, em cobrança de falta perfeita de Felipe Silva.

Para este jogo, o técnico do Nacional, Toninho Moura promoveu algumas mudanças táticas: primeiro sacou o meia Claytinho e colocou o experiente centroavante Washington, que fazia a sua estreia para ser dupla de ataque com Sapo, nisso Negueba jogou mais recuado pelo lado direito do meio de campo e Thiago Cruz mais centralizado. A outra foi a entrada de Vitinho no lugar de Romário, lesionado, na lateral-direita.


Foto: (Deivid Silva)
                                         
Os primeiros 15 minutos de jogo, a equipe da Capital dominou a posse de bola e com a marcação adiantada, sufocou o AD, que não conseguia passar do meio de campo, porém, o NAC se acomodou demais e começou a oferecer espaços na defesa e graças às intervenções precisas do zagueiro Jobert, por pouco não sofreu um gol.

A baixa qualidade técnica era nítida e as chances de gol eram criadas mais na base da vontade e superação do que por uma jogada ensaiada.

Novamente titular, o meia Thiago Cruz não conseguia ditar o ritmo necessário na transição para o ataque, culminando em muita lentidão e sem atuar nas profundidades buscando o rápido Negueba. Enquanto isso, Sapo e Washington brigavam com os zagueiros de Guarulhos, mas em grande êxito.

A partir dos 30 minutos, o AD Guarulhos cresceu claramente na partida e desperdiçou três chances, com o atacante Herbert na cara do goleiro Carlão, que pedia a todo momento atenção do sistema defensivo.

Depois de tantos erros, o Naça sofreu o golpe: aos 41 minutos, o camisa 10 Bruno Alves, recebeu belo passe na esquerda de Herbert e na saída do arqueiro nacionalino chutou no canto esquerdo, sem chances de defesa.

Segundo tempo

Toninho Moura promoveu a entrada do volante Felipe Silva no lugar de Cesinha e a substituição surtiu efeito, já que ele conseguia fazer a ligação para o ataque com mais eficiência do que Thiago Cruz.

Porém, como aconteceu no empate perante o Primavera, na semana passada, o Nacional continuava errando nos arremates ao gol.

Em belo lance, o lateral-esquerdo Ricardinho quase marcou de voleio um golaço, onde a bola passou raspando o travessão.

Já o AD aproveitou a vantagem no placar para começar a retardar o jogo: a cada minuto os jogadores estiravam no gramado alegando câimbras.

Sem obter a reação necessária, o comandante do Nacional apostou em Lucas Matheus e tirou Thiago Cruz, que novamente não rendeu o que se espera de um meia canhoto e pelo menos a equipe ganhou mais velocidade e pressionava o gol adversário, que esperava apenas por um erro, para tentar matar o confronto.

Aos 75 minutos, Washington nitidamente exausto saiu e Jean foi para o jogo em busca do empate.

Em cobrança de falta, Felipe Silva acertou a trave direita e por pouco não marcou um golaço, assustando a torcida local.

Aos 94 minutos, depois de um cruzamento preciso de Felipe Silva, Jean pulou mais que toda a zaga adversária e venceu o goleiro Cassio decretando o empate no sufoco e na superação dos jogadores.

Com este resultado, o Nacional ocupa momentaneamente a segunda posição, com 5 pontos ganhos. Já o AD Guarulhos obteve o seu primeiro ponto na competição e permanece na lanterna.

Porém, fica o alerta para o jogo de semana de que vem ante o embalado Atibaia: se o Nacional repetir a fraca atuação desta partida, será extremamente complicado vencer o atual líder do Grupo 06.

Ficha técnica

AD Guarulhos: Cássio; Bruno Lima (Otho), Bruno Amaral, Lucas e Daniel (Rafa); Vinicius (Murillo Carvalho), Henrique Costa, Tairone e Bruno Alves; Herbert e Alan.
Técnico: Olavo da Silveira.

Nacional: Carlão; Vitinho, Alysson, Jobert e Ricardinho; Edi, Cesinha (Felipe Silva), Negueba e Thiago Cruz (Lucas Matheus); Sapo e Washington (Jean).
Técnico: Toninho Moura.

Gols: AD Guarulhos: Bruno Alves, 41’ 1T. Nacional: Jean, 94’ 2T.