quarta-feira, 27 de maio de 2020

Passarinho - Mario Piçarra (1935-1948)

Passarinho - Ano 1937

PASSARINHO - MARIO PIÇARRA

O empenhado meia-direita chegou ao time da SPR no final de 1935, ali começava a história do ídolo maior do esquadrão ferroviário, um jogador diferenciado com talento para jogar tanto com a perna esquerda como a direita chamou logo a atenção dos treinadores adversários.

Em 1936 jogando o seu primeiro ano com a camisa do novo clube anotou 11 gols ficando atrás apenas de Agostinho que marcou 20 tentos na temporada, já na segunda temporada foi figura decisiva na equipe de segundo quadro que se sagrou campeão naquele ano, no time principal apenas um gol em um ataque que marcou apenas 17 gols na temporada, já em 1938 com a pontaria afiada marcou novamente 11 gols na temporada sendo o artilheiro da SPR no ano.

Esquadrão de 1941 - Passarinho segundo agachado (esq p/ dir)


Em 1943 se sagrou campeão do torneio início no Pacaembú, primeiro título de expressão para a equipe ferroviária.

SPR A.C - Campeã do Torneio Início 1943


O auge foi em 1945 quando ao lado de Servilho do Corinthians foi artilheiro maior do campeonato marcando 17 gols cada, ele também foi o artilheiro da equipe no ano com 22 gols no total.


Em 1946 com exatos 10 anos de sua estréia recebeu de dirigente e associados uma medalha de ouro pelos serviços e fidalguia a agremiação


Passarinho era um jogador exemplar, passou por mais de 100 jogos sem receber sequer uma advertência tendo recebido o diploma do primeiro "Belfort Duarte", pelo prêmio ter começado no ano de 1946 e muitos já sabiam da trajetória de Passarinho nos gramados o diploma lhe foi concedido a título de honraria.


Em 1946 o Código Brasileiro Disciplinar de Futebol, instituiu o prêmio outorgando uma medalha de ouro aos atletas amadores e de prata aos profissionais, em ambos os casos acompanhados de um diploma. As condições para sua aquisição eram: a) não haver o atleta sofrido qualquer punição esportiva por 10 (dez) anos. b) que o atleta haja participado de no mínimo 200 jogos oficiais, incluindo-se interestaduais e internacionais.

Encerrou sua carreira no clube em 1948 com 94 gols em mais de 100 partidas pela agremiação em quase 13 anos, viu a construção do estádio e a troca de nome em 46 após o final da concessão inglesa da SPR quando se tornou Nacional.